terça-feira, 18 de julho de 2017

Desembargador que soltou Geddel é ameaçado: ‘Deveria morrer’


Magistrado tem sido chamado de “vagabundo” e “ladrão” pelas redes sociais

BAHIA.BA
Foto: Reprodução/ TV Globo
Foto: Reprodução/ TV Globo

O desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Ney Bello, tem sofrido ameaças de morte nas redes sociais por ter autorizado o ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), a cumprir prisão domiciliar.
De acordo com coluna Radar On-Line, da revista Veja, em algumas mensagens, o magistrado foi chamado de “vagabundo” e “ladrão”.
“Você soltou Geddel, seu FDP, porque sua mãe não precisa do SUS. Quando sua família começar a morrer, você prende ele”, disse um. “Seu juiz capacho do PMDB. Direita nojenta que merece morrer. Condenar Lula vocês sabem, mas prender um vagabundo, ladrão, não. Deveriam morrer”, atacou outro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário