terça-feira, 18 de julho de 2017

Justiça espanhola emite pedido de prisão de Ricardo Teixeira


Ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é suspeito de desvio milionário de receita de partidas da Seleção Brasileira

BAHIA.BA
ricardo teixeira foto agencia brasil
Foto: Agência Brasil

De maneira informal e confidencialmente, a cúpula da Procuradoria-Geral da República já foi alertada por autoridades espanholas de que a Justiça de Madri emitiu uma ordem internacional de prisão contra Ricardo Teixeira, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), de acordo com informações do Estadão.
Segundo a publicação, os procuradores espanhóis esperam contar com a colaboração brasileira no assunto e já há troca de informações sobre as suspeitas de corrupção que pesam contra o ex-dirigente, pelo suposto desvio milionário da receita de partidas da Seleção.
Acordos secretos possibilitaram o desvio de recursos para uma empresa em nome de Sandro Rosell, aliado de Teixeira e ex-presidente do Barcelona.
O ex-dirigente do clube catalão foi preso no mês passado e a Justiça espanhola apontou que parte do dinheiro que ia para sua empresa, a Uptrend, terminava com o próprio Teixeira.
Assim que a ordem de prisão for oficialmente comunicada ao Brasil, os procuradores pedirão os extratos bancários, gravações telefônicas e outros documentos para processar o ex-mandatário da CBF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário