sexta-feira, 7 de julho de 2017

STF abre novo inquérito contra Aécio para apurar mais denúncias


Inquérito é desdobramento do anterior em que Rodrigo Janot ofereceu denúncia contra o parlamentar por corrupção passiva e obstrução da Justiça

BAHIA.BA
Foto: Marri Nogueira/Agência Senado
Foto: Marri Nogueira/Agência Senado

Um inquérito foi aberto sob a relatoria do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), para dar continuidade às investigações relacionadas ao senador Aécio Neves (PSDB), nas irregularidades apontadas pelos delatores do grupo J&F.
De acordo com a revista Época, o inquérito é desdobramento do anterior, no qual o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu denúncia contra o parlamentar por corrupção passiva e obstrução da Justiça.
Na acusação formal, o chefe do Ministério Público acusou Aécio de solicitar R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos donos do J&F e delator.
Janot pediu ao STF que fosse instaurado novo inquérito para dar continuidade a investigações relacionadas a outro crime de corrupção passiva e também lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário