segunda-feira, 24 de julho de 2017

DEM estuda três nomes para disputar Presidência da República


Com a oitava maior bancada da Câmara dos Deputados, a sigla pode saltar para a quinta se dissidentes se filiarem à legenda

BAHIA.BA
Foto: Rodolfo Stuckert/Câmara dos Deputados
Foto: Rodolfo Stuckert/Câmara dos Deputados

Com a expectativa de atrair novos membros, o Democratas estuda três nomes para disputar a Presidência da República nas eleições gerais de 2018.
De acordo com o jornal Valor Econômico, as apostas principais para o próximo pleito são o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no Rio de Janeiro; o prefeito de Salvador ACM Neto, na Bahia – atualmente as duas seções mais expressivas do partido –; e o senador Ronaldo Caiado, em Goiás.
Um dos três, afirma o líder da bancada federal, Efraim Filho (PB), pode eventualmente ascender à disputa nacional. “O DEM tem condição de ocupar esse espaço. O PSDB ainda passar por dúvidas, não há candidatura posta, vive divisões internas”, disse.
Outros nomes cotados, mas especificamente para o pleito estadual, são os do ministro Mendonça Filho, em Pernambuco, do deputado federal Onyx Lorenzoni, no Rio Grande do Sul, e do senador Davi Alcolumbre, pré-candidato a governador no Amapá.
Ainda segundo a publicação, o DEM articula para ser o PT do campo liberal e vai reformular seu estatuto e planeja voltar a ocupar governos estaduais. Caso os dissidentes do PSB se filiem ao partido, a sigla terá 40 deputados e pulará da oitava para a quinta posição, atrás de PMDB, PT, PP e PSDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário