segunda-feira, 19 de junho de 2017

MPF pede sequestro de imóveis de filhas de Palocci


Procuradores suspeitam de lavagem de dinheiro; investigação aponta que ex-ministro fez doações que somam R$ 3 mi para uma filha, e quase R$ 1,5 milhão para a outra

BAHIA.BA
Foto: WILSON PEDROSA/AGÊNCIA ESTADO/AE
Foto: WILSON PEDROSA/AGÊNCIA ESTADO/AE

O Ministério Público Federal (MPF) pediu o sequestro de dois imóveis de duas filhas do ex-ministro Antonio Palocci (PT), sob suspeita de que a aquisição dos bens pode ser fruto de crime de lavagem de dinheiro.
Conforme os procuradores, o ex-ministro-chefe da Casa Civil fez doações que somam quase R$ 3 milhões para uma filha, e quase R$ 1,5 milhão para a outra. Com os recursos, elas teriam comprado os imóveis.
O pedido foi feito no dia 16 de junho, mas até esta segunda não tinha sido analisado pelo juiz Sérgio Moro. Palocci foi preso em setembro do ano passado. Ele foi denunciado uma vez por corrupção passiva e 19 vezes por lavagem de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário