quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Deputado que tatuou nome de Temer comemora repercussão


De acordo com o parlamentar, ele conseguiu "provocar o ódio no PT" com o desenho

BAHIA.BA
Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados
Foto: Nilson Bastian/ Câmara dos Deputados

Após tatuar o nome do presidente Michel Temer no ombro, o deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) comemorou a repercussão do ato. “É massa, né? Tirar onda. É bom para mim”, argumentou, em entrevista ao Antagonista.
Ainda de acordo com o parlmentar, ele conseguiu “provocar o ódio no PT” com o desenho.
“Cada um com suas paixões. Não tem gente que tatua Che Guevara, Fidel Castro, o presidente da Coreia? Todos falsos socialistas usando roléx? Sou admirador nato (de Temer), sou amigo dele há quase 16 anos. Nesse momento, que tentam derrubar ele a qualquer custo, é minha forma de mostrar que parceiro que é parceiro derrama até a última gota de sangue”, justificou.
Especula-se, no entanto, que a homenagem seja uma farsa. Tatuadores dizem que o desenho é de henna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário