sábado, 5 de agosto de 2017

Arquiteto alemão projeta ‘minicasas’ para refugiados


Projeto deve construir 20 abrigos em Berlim

BAHIA.BA
Van Bo Le-Mentzel em um projeto criado para o Museu Bauhaus de Berlim Foto: AFP / Adam BERRY
Van Bo Le-Mentzel em um projeto criado para o Museu Bauhaus de Berlim Foto: AFP / Adam BERRY

Em meio à crise dos refugiados na Europa, o arquiteto alemão Van Bo Le-Mentzel teve uma ideia para ajudar a vida daqueles que chegavam ao continente. Ao observar uma grande fila diante de um centro social para solicitantes de asilo em Berlim, ele resolveu recolher pedaços de madeira para construir “minicasas”.
Devido a crises econômicas, o preço do aluguel em Berlim entrou em alta nos últimos anos, mas Le-Mentzel ajustou o valor de sua Tiny100 – nome dado ao projeto – para 100 euros mensais. O uso de material reciclável na construção ajudou a baratear os custos.
A primeira minicasa construída servia apenas para alojar crianças quando o tempo estava muito frio, mas foi logo tomando proporções maiores.
A equipe da Universidade da Minicasa, formada pelo arquiteto e por seis refugiados, trabalha atualmente com o Museu Bauhaus na construção de 20 minicasas de 10 m². Elas serão usadas como alojamento, livrarias, cafeterias, e farão parte de uma “aldeia temporária”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário