sexta-feira, 21 de julho de 2017

Imposto dos combustíveis subiu ao máximo previsto em lei, diz Receita


Aumento do tributo acarretará em um ganho da ordem de R$ 10,4 bilhões para os cofres públicos

BAHIA.BA
Foto: Ciete Silvério /Fotos Públicas
Foto: Ciete Silvério /Fotos Públicas

O secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou, nesta sexta-feira (21), que o governo federal elevou a tributação sobre os combustíveis ao limite máximo previsto em lei.
De acordo com Rachid, o aumento dos impostos acarretará em um ganho da ordem de R$ 10,4 bilhões, a contar a partir desta sexta até o final do ano.
Com a decisão, o PIS e Cofins incidente sobre a gasolina mais que dobrou e passou de R$ 0,38 para R$ 0,79 por litro. Se a alta de tributos for repassada na íntegra para o consumidor, o litro do produto deverá ficar R$ 0,41 mais caro no país.
Também pesa sobre a gasolina a Cide, que é uma contribuição, e custa R$ 0,10 por litro. Na prática, os brasileiros vão pagar R$ 0,89 de imposto por litro de combustível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário