segunda-feira, 24 de julho de 2017

Existe água no interior da Lua, afirmam cientistas


Dados de satélite seriam prova de existência de lençóis freáticos no território lunar

BAHIA.BA
A Missão Apollo de 1971 trouxe as primeiras provas de água na Lua. Foto: AP
A Missão Apollo de 1971 trouxe as primeiras provas de água na Lua. Foto: AP

Há água no interior da Lua – e uma quantidade maior do que se pensava. A partir de dados coletados por satélites, cientistas da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, afirmam ter provas da existência de lençóis freáticos em território lunar.
Segundo o estudo publicado pela revista Nature nesta segunda-feira (24), os corpos de água foram resultados de erupções vulcânicas que assolaram o satélite há milhões de ano.
“O fato de quase todos os depósitos vulcânicos demonstraram sinais de água sugere que o interior da Lua seja molhado”, disse o cientista Ralph Milliken à CNN.
A Nasa também havia, em 2009, reconhecido a existência de água no satélite natural após analisar fotografias da Missão Apolo de 1971 e 1972. Porém, a estimativa era menor, e a nova descoberta pode motivar expedições espaciais para estudar mais a fundo a geografia da Lua.
“A distribuição destes depósitos de água é a chave de tudo: estão espalhados de tal forma que nos leva a acreditar que a água encontrada nas amostras da missão Apollo não é uma coincidência”, explicou Milliken.

Nenhum comentário:

Postar um comentário