segunda-feira, 24 de julho de 2017

Emissão de passaportes: 4.884 pedidos estão represados na Bahia



Por Redação BNews
A Casa da Moeda faz, a partir desta segunda-feira (24), uma megaoperação por tempo indeterminado para zerar a fila de 175 mil passaportes que deixaram de ser emitidos pela Polícia Federal no país. A empresa estatal é responsável por imprimir o documento no país.
 
De acordo com o órgão, seus servidores irão "trabalhar 24 horas por dia nos sete dias da semana a partir desta segunda." Todos os custos extras da operação serão arcados pela própria instituição.
 
A Casa da Moeda estima que o esforço vai pôr fim à fila de espera nas próximas cinco semanas. As entregas seguirão ordem cronológica: o solicitante que pediu primeiro, receberá o passaporte primeiro.
 
Na Bahia, foram solicitados 4.884 passaportes, sendo 3.465 em Salvador (veja dados específicos abaixo), desde 27 de junho, quando o serviço foi suspenso por falta de verba.
 
De acordo com a PF, os passaportes serão processados de acordo com a ordem cronológica das solicitações. Novos pedidos só serão entregues após a emissão da demanda represada. Contudo, a PF ainda não definiu uma previsão de quando o serviço será normalizado.
 
A Casa da Moeda tem condições de imprimir em um dia normal cerca de 15 mil passaportes. Até a paralisação, a demanda diária era de aproximadamente 11 mil.
 
>> Números de Salvador e de cidades do interior
 
* SAC Shoping Barra - 1.535 
 
* SAC Salvador Shopping - 1.930 
 
* Posto Feira de Santana - 389 
 
* Posto Porto Seguro - 208
 
* Posto Vitória da Conquista - 330
 
* Posto Ilhéus - 252
 
* Posto Juazeiro - 240

Nenhum comentário:

Postar um comentário