quinta-feira, 8 de junho de 2017

Polícia Federal deflagra Operação Monte Gordo contra esquema no INSS



Por Redação BNews
Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (8) a Operação Monte Gordo, uma força-tarefa integrada pela Polícia Federal e Previdência Social com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Cerca de 40 policiais federais, seis servidores da Secretaria da Previdência do Ministério da Fazenda e dois servidores do INSS cumprem seis mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão nos municípios de Camaçari e Nilo Peçanha na Bahia, e também no município de Ituiutaba no estado de Minas Gerais.

Segundo as investigações, o grupo atuava desde 2009, sendo formado, no mínimo, por seis integrantes que exerciam, mediante fraudes, as funções de procuradores em benefícios assistenciais à pessoa idosa. O esquema fraudulento era realizado através da criação de pessoas fictícias por meio de documentos inidôneos e procurações pública falsificadas, outorgadas aos fraudadores para fins de concessões e saques dos benefícios.
Estima-se que até o momento o valor do prejuízo aos cofres da Previdência é de R$ 2,3 milhões referentes a 54 benefícios analisados pela Inteligência Previdenciária. O valor do prejuízo evitado, considerando a expectativa de vida constante na tabela do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) é de R$ 2,8 milhões.
A operação foi denominada Monte Gordo em alusão ao local de concentração dos fraudadores. Os envolvidos serão indiciados pela prática dos crimes de estelionato contra a assistência social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário