terça-feira, 13 de junho de 2017

Geddel oferece passaporte e sigilo bancário para evitar PF


Advogados do ex-ministro qualificam a mídia como “sensacionalista”, por colocarem o político como o "próximo alvo" dos investigadores

BAHIA.BA
Foto: André Dusek/ Estadão Conteúdo
Foto: André Dusek/ Estadão Conteúdo

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, presidente do PMDB baiano, colocou à disposição do Supremo Tribunal Federal (STF) o seu passaporte e seus sigilos bancário e fiscal para evitar ser alvo de operações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.
De acordo com a publicação, o peemedebista afirmou à Corte que abre mão de realizar movimentações bancárias maiores do que R$ 30 mil, e se compromete a avisar sobre operações acima do valor.
Na manifestação, os advogados do ex-ministro qualificam a mídia como “sensacionalista”, por colocarem o político como o “próximo alvo” dos investigadores. No final de semana, o jornal Estado de São Paulo informou que o governo do presidente Michel Temer (PMDB) tem receio de que Geddel seja foco de alguma operação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário