segunda-feira, 5 de junho de 2017

Defesa de Lula entra com habeas corpus para suspender Emílio Odebrecht



Por Redação BNews
 
Os advogados do ex-presidente Lula entraram com um habeas corpus, com pedido liminar, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) para cancelar os depoimentos de Emilio Odebrecht e do executivo da empreiteira Alexandrino Alencar. 
 
Segundo os defensores, o pedido "está baseado na violação das garantias do contraditório, da ampla defesa e da paridade de armas". O depoimento de Odebrecht foi marcado pelo juiz Sergio Moro para as 14h desta segunda-feira (5) e já terminou. O advogado Cristiano Zanin Martins argumenta que o juiz federal Sérgio Moro ‘deu ciência às partes’ nesta segunda sobre documentos juntados pelo Ministério Público Federal sobre delações de executivos do grupo Odebrecht. Segundo a defesa, há ‘impossibilidade de análise do material até as 14 horas’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário