quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Câmara rejeita denúncia contra Temer


Com os votos necessários, os deputados aprovaram relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), contrário ao prosseguimento da denúncia contra o peemedebista

Rodrigo Aguiar/ BAHIA.BA
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados
Foto: Gilmar Felix / Câmara dos Deputados

A Câmara Federal decidiu nesta quarta-feira (2) não dar prosseguimento à denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB), por corrupção passiva.
Com os votos necessários, apesar de a sessão continuar (VEJA AO VIVO AQUI), os parlamentares aprovaram relatório do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomendava rejeitar a acusação formal contra o peemedebista. Como esperado, a sessão foi marcada por confusão e bate-boca entre governistas e oposicionistas.
Houve, inclusive, denúncia de emendas negociadas pelo deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) em plenário em troca de voto pró-Temer. O tucano foi exonerado da Secretaria de Governo para participar da votação nesta quarta.
Para que o Supremo Tribunal Federal (STF) avaliasse a denúncia contra Temer, era necessária autorização da Câmara por, pelo menos, 342 votos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário