sexta-feira, 23 de junho de 2017

'Le Monde': A crise moral e ostracismo diplomático do Brasil


Jornal francês descreve em artigo momento político e econômico do país


A crise econômica e os escândalos de corrupção do Brasil são relatados em um longo artigo publicado pela jornal francês Le Monde nesta quinta-feira (22).
O diário acrescenta que o país atravessa um cenário de obscuridão sem precedentes e influencia a imagem do Brasil no exterior negativamente.
O texto intitulado "A estrela pálida do Brasil na cena internacional” diz que o presidente brasileiro ignorou a ameaça da Justiça e foi para Rússia em viagem oficial, posando até mesmo ao lado do chefe de Estado russo Vladimir Putin em um espetáculo do balé Bolshoi, em Moscou.
De acordo com a autora, a viagem, que termina na Noruega nesta sexta-feira, é uma demonstração do ativismo internacional de um presidente que está determinado a mostrar que seu país não está paralisado.
Temer busca convencer os outros países que o Brasil não se transformou em uma República das Bananas, mas a tentativa é em vão, diz Le Monde
Temer busca convencer os outros países que o Brasil não se transformou em uma República das Bananas, mas a tentativa é em vão, diz Le Monde
Para Le Monde, apesar da Operação Lava-Jato, Temer busca convencer os outros países que o Brasil não se transformou em uma República das Bananas, mas a tentativa é em vão.
A crise moral no país se aprofunda e o mergulha em um ostracismo diplomático, afirma o noticiário em seu editorial, e acrescenta que é Impossível não notar que nenhum chefe de Estado vai visitar o país,diferentemente do que acontecia à época de Lula, admirado por pesos pesados da política internacional como o ex-presidente dos EUA Barack Obama, por exemplo.
Especialistas consultados pelo Le Monde avaliam que a destituição de Dilma e os escândalos de corrupção também fragilizaram a imagem do Brasil dentro da América Latina, onde o país também não exerce mais uma liderança.
Le Monde lembra que o desgaste da imagem internacional do Brasil começou entretanto com Dilma, quando houveram inúmeros protestos e se concretizou depois do impeachment.
É necessária uma limpeza de sua paisagem política para o país voltar aos tempos áureos, finaliza Le Monde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário