Loading...

quarta-feira, 6 de março de 2013

Safra do caqui anima produtores de Itatiba, em SP


Agricultores estão no campo trabalhando na colheita do fruto.
Este ano, o tempo ajudou e a expectativa é de boa produção.

Do Globo Rural

A variedade rama forte é uma das mais rústicas de caqui e também uma das mais apreciadas pelo consumidor. Ela ocupa  seis hectares no sítio de Valdir Montico, em Itatiba, que tem ao todo mais de duas mil árvores.
A produtividade no sítio é uma das maiores do município. O pomar é bem cuidado e uma única árvore chega a produzir 100 quilos em média até o fim da safra. Valdir conta que a colheita precisa ser feita a cada 15 dias. “A fruta não pode ser colhida nem muito madura, nem verde, tem que estar alaranjada”, diz.
A colheita vai até o final de maio e a previsão é de uma safra de 150 toneladas.
Só em Itatiba há 72 produtores de caqui. Juntos, nesta safra, eles devem colher 10 mil toneladas. No ano passado, muitas plantações foram atingidas por granizo e a produção caiu 40%.
A família de César Pretti tem 2500 caquizeiros. Em 2012, ele perdeu 80% das frutas, mas a atual safra está sendo diferente.
César vem colhendo 300 caixas de seis quilos por dia. No pico da safra, no mês que vem, serão 800. O trabalho começa de madrugada e vai até o início da noite.
Já em Jundiaí, a expectativa é colher 3600 toneladas, 30% a mais que no ano passado.
O agricultor Ariovaldo Tomazetto fala sobre as condições da fruta e o mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário