terça-feira, 20 de abril de 2021

Casa Museu Ema Klabin traz grandes nomes da música na Mostra Lei Aldir Blanc

 


 

 
Martha Galdos, Orquestra Mundana Refugi, Liv Moraes, Ricardo Baldacci Trio, Vanessa Moreno & Salomão Soares participam do evento
Liv Moraes, filha de Dominguinhos, que completaria este ano 80 anos, lança seu novo trabalho, Dedicado a Você, com a participação de Cainã Cavalcanti. Foto Lennon Fernandes.
 
A Casa Museu Ema Klabin realiza, de 23 a 27 de abril, a Mostra Lei Aldir Blanc, com cinco shows incríveis com grandes nomes da cena musical que se apresentam no Canal do YouTube da casa museu.
 
Será possível conferir o show Colores da cantora peruana Martha Galdos, com participação de Dante Ozzetti; o show “Dedicado a Você” com Liv Moraes (voz) e Cainã Cavalcanti (violão); prestigiar o primeiro de uma série de seis episódios do projeto ”Foxtrot e a Música Brasileira: 1920 a 1960”, interpretado por Ricardo Baldacci Trio; passear por diversas vertentes da música brasileira no Show Chão de Flutuar , com Vanessa Moreno (voz) e Salomão Soares (piano), além de conhecer mais da música do mundo com a  Orquestra Mundana Refugi, formada por músicos brasileiros, imigrantes e refugiados. Tudo isso, sem sair de casa.
 
Três shows foram gravados na Casa Museu Ema Klabin
 
Elogiada pela crítica, a cantora peruana Martha Galdos se apresenta com Dante Ozzetti. Foto: Mônica Bento e Jorge
 
A Mostra Lei Aldir Blanc foi estruturada em apoio aos músicos contemplados por essa lei que procuraram a Casa Museu Ema Klabin para uma parceria. A iniciativa, regulamentada pelo Governo Federal, busca apoiar profissionais da área cultural que sofreram o impacto das medidas de distanciamento social por causa do coronavírus.
 
Ponto cultural já consolidado na área musical, com seu tradicional programa Tardes Musicais, a Casa Museu Ema Klabin foi o cenário escolhido tanto para a gravação de alguns dos shows como para a divulgação dos espetáculos em seu Canal do YouTube.
 
A cantora peruana Martha Galdos salientou que poder gravar na Casa Museu Ema Klabin foi muito especial. “A arte e a natureza sempre impactaram minha vida e o conceito do meu show se encaixou perfeitamente com esse espaço precioso”, disse. 
 
Também gravaram shows na Casa Museu Ema Klabin a cantora Liv Moraes e a Orquestra Mundana Refugi. As gravações no museu foram feitas seguindo os protocolos de biossegurança vigentes, tendo os grupos sido testados para covid-19 e com apoio da equipe da Casa Museu Ema Klabin.
 
Duo formado pela cantora Vanessa Moreno e o pianista Salomão Soares. Foto Wanessa Luz
 
Todos os shows musicais foram realizados com apoio da Lei Aldir Blanc, Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa.
 
Confira os espetáculos:
 
No dia 23 de abril, às 19h, a cantora peruana Martha Galdos apresenta seu show Colores em edição especial com participação de Dante Ozzetti. Com voz doce e forte presença de palco, a cantora e compositora peruana transita pela música latina contemporânea, com generosas pitadas de jazz, world music e, claro, música brasileira de raiz. Um repertório eclético que reúne músicas autorais e composições consagradas. No repertório: Duerme negrito, Alma canta, Samba da utopia, Mujer hilandera e Achou, entre outras.
 
O duo formado pela cantora e compositora paulista Vanessa Moreno e o pianista paraibano Salomão Soares apresenta no dia 24 de abril, às 16h30, Chão de Flutuar. Os instrumentos, voz e piano, podem ser ouvidos nesse projeto com brasilidade, nuances rítmicas e improvisação.  Passeando por diversas vertentes da música brasileira, o trabalho explora, entre outras, canções como Canção do Amanhecer de Edu Lobo e Vinícius de Moraes, Sanfona (Egberto Gismonti), Nada será como antes (Milton Nascimento/Ronaldo Bastos), Olha Maria (Tom Jobim/ Vinícius de Moraes / Chico Buarque) e Beiral (Djavan). 
 
Homenagem aos 80 anos de Dominguinhos
 
Filha do grande instrumentista, cantor e compositor Dominguinhos, Liv Moraes apresenta no dia 25 de abril, às 16h30, seu mais recente trabalho, "Dedicado a Você" que será lançado este mês. Com 20 anos de carreira, Liv Moraes se destaca como intérprete de Música Popular Brasileira, além de carregar o legado musical de seu pai no universo do forró. Já esteve no palco ao lado de Gilberto Gil, Elba Ramalho, Jane Duboc, Yamandu Costa, Fábio Júnior, Lenine, Fagner, Toninho Horta, Maestro Spok, entre outros. 
 
‘Dedicado a Você’, além de ser uma das canções compostas por Dominguinhos que integra esta apresentação, também é uma homenagem especial aos 80 anos de Dominguinhos (1942-2013).  No repertório, entre outras, estão Samba do grande amor (Chico Buarque), O amor que merece e Flor da Pele (Zeca Baleiro/Alice Ruiz), O ciúme (Caetano Veloso) Doce princípio (Dominguinhos/Climério), Paciência (Lenine/Dudu Falcão) e Vários caminhos (Liv Moraes/Dominguinhos).
 
Vamos de Foxtrot?
 
No dia 26 de abril, às 22h, Ricardo Baldacci Trio apresenta o primeiro de uma série de seis episódios do projeto “Foxtrot e a Música Brasileira: 1920 a 1960”. O trabalho “Foxtrot e a Música Brasileira: 1920 a 1960” é uma ação de retomada de um gênero que muitas vezes é lido como americanizado, mas teve importância e ocupou lugar de relevância na música brasileira. É trazer para o Brasil o entendimento de sua pluralidade. 
 
O precioso repertório conta com uma série de composições que se tornaram clássicas por todo o mundo e no Brasil foram muitas vezes esquecidas, mas fizeram sucesso com as interpretações de artistas como Francisco Alves, Orlando Silva, Carlos Galhardo, Nelson Gonçalves, entre outros. O primeiro episódio da série, “O Foxtrot de Francisco Alves”, traz Ricardo Baldacci acompanhado pelos músicos Billy Magno e Danilo Vianna. No repertório: Eu não posso dar-te mais que amor (McHugh/Fields/Freire Jr), Céu cor de rosa (Victor/Al Dubin/Haroldo Barbosa), Você só mente (Hélio Rosa/Noel Rosa) e Somente Amigos (John Klenner/Paulo Gustavo), entre outros.
 
Orquestra reúne músicos refugiados:
 
A Orquestra Mundana Refugi encerra a Mostra, no dia 27 de abril, às 19h.
Formada por músicos brasileiros, imigrantes e refugiados de diversas partes do mundo, sob direção musical do multi-instrumentista Carlinhos Antunes, a orquestra convida o público para uma viagem por sonoridades da Palestina, Irã, Guiné, Congo e Brasil em arranjos inusitados, além de composições autorais. Vozes e instrumentos como o kanun, acordeão, piano, violino, cítara chinesa, bouzouki e tantos outros dão vida a várias culturas.
 
No repertório: Caravana /Deus lhe pague (Chico Buarque), Amêndoas verdes -tema palestino - inédito no repertório da OMRefugi, Mungu  (Lokua Kanza / Carlinhos Antunes), Ayachuco (tema tradicional Mexicano) e Rap Palestino (Orquestra Mundana Refugi / Yousef Saif), entre outros. 
 
Serviço:
 
Casa Museu Ema Klabin - #CasaMuseuEmCasa
Mostra Lei Aldir Blanc
23 de abril, às 19h, Martha Galdos - show Colores
24 de abril, às 16h30, Vanessa Moreno e Salomão Soares - show Chão de Flutuar
25 de abril, às 16h30, Liv Moraes - show “Dedicado a Você” (homenagem a Dominguinhos)
26 de abril, às 22h, Ricardo Baldacci Trio - show “O Foxtrot de Francisco Alves”
27 de abril, às 19h - Orquestra Mundana Refugi
 
Gratuito*
Classificação etária: 16 anos
 
Acesse nossas redes sociais:
 
Instagram: @emaklabin
 
Canal do YouTube:
 
*Como em todos os nossos eventos gratuitos, convidamos quem aprecia a Casa Museu Ema Klabin e pode contribuir para a manutenção das nossas atividades a nos apoiar com uma doação voluntária em nosso site.
 
Assessora de Imprensa: Cristina Aguilera
Mídia Brazil Comunicação Integrada
cristina.aguilera@midiabrazil.com.br
11 99539-8589
11 3721-1202

Nenhum comentário:

Postar um comentário