sexta-feira, 4 de agosto de 2017

TRF suspende liminar que impedia aumento dos combustíveis


A liminar barrava os efeitos do decreto assinado em 20 de julho pelo presidente Michel Temer (PMDB)

BAHIA.BA
Foto: Ciete Silvério /Fotos Públicas
Foto: Ciete Silvério /Fotos Públicas

O vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), o desembargador federal Guilherme Couto de Castro, suspendeu, nesta sexta-feira (4), a liminar da Justiça Federal de Macaé (RJ), que impedia o aumento de alíquotas tributárias aplicadas sobre o comércio de combustíveis.
A medida havia sido concedida em ação popular ajuizada no município do norte fluminense e barrava os efeitos do decreto assinado em 20 de julho pelo presidente Michel Temer (PMDB).
A norma elevou as alíquotas de contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) referente à importação e comercialização de gasolina, óleo diesel, gás liquefeito de petróleo, querosene de aviação e álcool.

Nenhum comentário:

Postar um comentário