segunda-feira, 10 de julho de 2017

Se Rodrigo Maia assumir a presidência, Imbassahy deve ser demitido, diz colunista

DIGA BAHIA!

Postado em 10/07/2017 2:47
Brasília - Entrevistacom o  presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Wilson Dias/Agência Brasil) Se a Câmara aprovar a denúncia contra Michel Temer (PMDB), culminando no afastamento imediato do peemedebista da presidência, e Rodrigo Maia (DEM) assumir o Palácio do Planalto, o baiano Antonio Imbassahy (PSDB) deve ser mandado embora.
Segundo o jornalista Ricardo Noblat, do jornal O Globo, poucos ministros de Temer devem permanecer em seus cargos. Eliseu Padilha será mandado embora da Casa Civil, assim como Henrique Meirelles, ministro da Fazenda. Imbassahy voltará para a Câmara Federal.
Espera-se que Aloysio Nunes, das Relações Exteriores e fiel defensor de Temer, peça demissão e volte ao Senado, enquanto Moreira Franco (PMDB), sogro de Maia, deve ir para outro ministério. Vale lembrar que Maia é o favorito em uma possível eleição indireta para presidente, como manda a Constituição, caso Temer deixe o cargo.
Varela Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário