quarta-feira, 19 de julho de 2017

PF faz operação para desmontar plano de morte contra agentes federais


A facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) planejava matar os policiais em resposta à "opressão"

BAHIA.BA
Foto: Valter Campanato / Agência Brasil
Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

A Polícia Federal faz, nesta quarta-feira (19), uma operação para desarticular um esquema que pretendia matar agentes públicos que atuam nas penitenciárias federais do país.
Segundo as investigações, a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) planejava matar os agentes em resposta à “opressão” pela qual seus integrantes passam dentro das unidades.
De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o desconforto é, na verdade, a aplicação do regime disciplinar diferenciado, que é mais rígido e legalmente imposto a quem está preso nas penitenciárias federais.
Cerca de 30 agentes cumprem oito mandados de busca e apreensão, dos quais quatro no Rio de Janeiro e os demais em São Paulo. A PF também está à procura de outros cinco suspeitos – um em Mossoró (RN) e outros quatro em São Paulo. Ainda há um mandado a ser cumprido de condução coercitiva no Rio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário