A Citrus volta a todo vapor.
A Citrus volta a todo vapor.
É aguardado com grande expectativa pelos ilheenses o desdobramento da Operação Citrus deflagrada em 21 de março pelo Ministério Publico Estadual. A juíza Emanuele Vita Leite Armede, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Ilhéus, retomará os interrogatórios na próxima segunda-feira, dia 24 de julho, após o recesso, quando serão ouvidos os réus e as testemunhas de defesa e acusação. Com base em novos objetos investigatórios não está descartada que novas prisões sejam decretadas pela justiça.
Ex-secretários municipais, diretores escolares, assessores parlamentares, chefes de departamentos, empresários, ex-presidentes da Câmara de Vereadores e até ex-prefeitos estão arrolados nas investigações, como também estão sendo monitorados.
Permanecem presos desde o dia 21 de março, no presidio Ariston Cardoso, o vereador e presidente do PP de Ilhéus, Jamil Ocké; o ex-secretário de assistência social no governo Jabes Ribeiro, Kácio Clay, e o proprietário da Andrade Multi Compras, Enoch Andrade. O trio teve por diversas vezes pedidos de habeas corpus negados pelos desembargadores do Tribunal de Justiça da Bahia. Os defensores pretendem requerer o relaxamento das prisões, através da suprema corte, em Brasília.