sábado, 8 de julho de 2017

Não concordo que existam abusos por parte do Ministério Público, diz Janot



Por Redação BNews | Fotos: Fellipe Sampaio/SCO/STF
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse que não acredita em excessos do Ministério Público Federal (MPF) no que se refere às operações de combate à corrupção, como a Lava Jato. 
 
"Como toda estrutura composta por pessoas, [o MPF] está suscetível a erros e é importante reconhecê-los. É natural que, em razão do trabalho de investigação e acusação, surjam críticas como estratégia de defesa do acusado. Mas não concordo que existam abusos por parte do Ministério Público. Temos como ponto basilar da atuação a observância à Constituição Federal e nos pautamos por ela. Nossa atuação é técnica, apolítica e responsável", declarou ao jornal O Estado de S.Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário