quarta-feira, 12 de julho de 2017

Moro ‘perdeu imparcialidade há muito tempo’, diz advogado de Lula


Em entrevista coletiva, Cristiano Zanin negou que a estratégia da defesa tenha sido "de enfrentamento" ao juiz

Rodrigo Aguiar/ BAHIA.BA
cristiano zanin advogado lula reproducao facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Um dos responsáveis pela defesa do ex-presidente Lula, o advogado Cristiano Zanin disse nesta quarta-feira (12) que o juiz federal Sérgio Moro, autor da condenação do petista a nove anos e seis meses de prisão, “perdeu a sua imparcialidade há muito tempo” e agiu “politicamente”.
O defensor reafirmou, em entrevista coletiva, que o magistrado condenou Lula “sem provas da culpa”. “Há necessidade de uma análise mais detalhada da sentença, mas aquilo que já foi possível observar é um retrato do que acabei de relatar”, declarou Zanin.
De acordo com o advogado, em sua decisão, Moro “ocupa maior espaço fazendo referências a reportagens do que provas da inocência que nós, da defesa, apresentamos”.
O advogado ainda negou que a estratégia de defesa tenha sido “de enfrentamento” ao magistrado, principalmente durante as audiências. “A estratégia foi mostrar a inocência do presidente Lula, E nós fizemos isso, de forma irrespondível. Temos certeza de que essa inocência será reconhecida em uma instância recursal”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário