quinta-feira, 20 de julho de 2017

Manifestação a favor de Lula tem pouca adesão no Campo Grande



Por Chayenne Guerreiro | Fotos: Vagner Souza// BNews
O grupo Frente Brasil Popular (FBP) espera reunir cinco mil pessoas na manifestação intitulada “Eleições sem Lula é Golpe”, que acontece na tarde desta quinta-feira (20), no Campo Grande, em Salvador.
A expectativa, no entanto, está longe da realidade. Marcada para começar às 15h, o número de pessoas prontas para participar da caminhada, que vai em direção ao Campo da Pólvora, ainda é pouco.
De acordo com o líder do FBP, Walter Takemoto, o protesto é contra as reformas trabalhistas e previdenciária, a favor do afastamento do presidente Michel Temer e contra a condenação do ex-presidente Lula.
"Hoje é um dia nacional de manifestação contra as reformas, a favor da democracia e contra a condenação do presidente Lula. Nós esperamos que tenha uma participação grande da população porque estamos vivendo um momento decisivo no que diz respeito a perda dos direitos", afirma.
Ainda segundo Takemoto estão previstas outras manifestações ao longo dos dias. "Hoje é parte de um processo de luta que não se esgota agora. As centrais sindicais tão discutindo novos protestos e uma nova greve geral. Não aceitamos o que vem ocorrendo no nosso país atualmente. No dia 18 de agosto o presidente Lula vai estar aqui em Salvador e vamos realizar uma grande mobilização e, além disso, já tem o ato marcado no dia 30 de julho na Praça da Revolução no Subúrbio onde vamos pedir novamente as Diretas Já!", conta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário