quarta-feira, 12 de julho de 2017

Lídice e Aleluia negam fusão do PSB com DEM


A nova sigla já tem sido chamada nos bastidores de “Centro Democrático”

Alexandre Galvão / BAHIA.BA
Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado
Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

A senadora Lídice da Mata, presidente do PSB na Bahia, negou que a sigla pretenda se fundir com o DEM. A informação foi ventilada nesta terça-feira (11), pela imprensa nacional.
“Não vejo essa expectativa, pois não há nenhuma afinidade ideológica ou programática entre os dois partidos. O partido viveu um momento diferenciado no período do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, mas já está de volta aos seus propósitos ao se posicionar enquanto instituição contra as reformas de Temer”, sinalizou, ao bahia.ba.
A mesma informação foi também afastada pelo comandante do DEM na Bahia, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM). “Não estamos discutindo fusão com o PSB. Os deputados das duas legendas costumam dialogar muito sobre o futuro do país”, ressaltam.
De acordo com a Veja, a ideia é criar um partido “liberal-socialista” e a nova sigla já tem sido chamada nos bastidores de “Centro Democrático”.
As duas legendas juntas têm atualmente 65 deputados na Câmara (36 do PSB e 29 do DEM), 19 parlamentares a mais do que o PSDB, considerado maior partido do segmento no país. O movimento seria articulado por Rodrigo Maia e o prefeito de Salvador, ACM Neto.
Segundo o Valor Econômico, no dia 19 de junho, Maia e Neto visitaram Petrolina, em Pernambuco, a convite do ministro. A cidade é reduto eleitoral dos Bezerra Coelho e tem como prefeito Miguel Coelho, irmão do senador licenciado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário