segunda-feira, 10 de julho de 2017

Lava Jato: Petições contra Geddel, Wagner e vereadores estão em sigilo


Decisão de colocar em segredo de Justiça os autos foi tomada por procuradores e juízes

BAHIA.BA
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As investigações contra o ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB), o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner (PT), e vereadores de Salvador suspeitos de recebimento de caixa 2 estão sob segredo de Justiça nas varas criminais da Bahia. A informação é do jornal Estado de São Paulo.
De acordo com a publicação, a decisão das petições tramitarem em segredo contraria a determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que mandou levantar o sigilo.
Os pedidos de investigação são com base nas colaborações premiadas do ex-executivos e dos donos da construtora baiana Odebrecht. A decisão de recolocar o sigilo dos autos foi tomada por procuradores e juízes.
Coordenador Criminal do Ministério Público Federal na Bahia, o procurador da República Ovídio Augusto Amoedo Machado afirmou que, segundo regulamentação do Conselho Nacional do Ministério Público, “o presidente do procedimento investigatório criminal poderá decretar o sigilo das investigações, no todo ou em parte, quando a elucidação do fato ou interesse público exigir”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário