quinta-feira, 6 de julho de 2017

Lava Jato: Dois baianos estão entre presos já condenados em 2ª instância


Em pouco mais de três anos, operação tem 116 condenados e 27 presos, segundo levantamento do G1

BAHIA.BA
Fotos: Luís Macedo/ Antonio Augusto/ Câmara dos Deputados | Montagem: bahia.ba
Fotos: Luís Macedo/ Antonio Augusto/ Câmara dos Deputados | Montagem: bahia.ba

Dois baianos estão entre os cinco envolvidos na Operação Lava Jato que permanecem presos e foram condenados em segunda instância.
São eles o ex-deputado federal Luiz Argôlo e o ex-presidente da OAS Leo Pinheiro, segundo levantamento do G1.
Completam a lista o ex-diretor da Petrobras Renato Duque, o empresário paulista Adir Assad e Renê Pereira, traficante ligado ao doleiro Alberto Youssef.
Em pouco mais de três anos da Lava Jato, 27 envolvidos continuam detidos e 116 já foram condenados. Entre os presos, 19 foram condenados, dos quais 13 somente na primeira instância.
O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto foi condenado em primeira e absolvido na segunda instância. Oito acusados aguardam o primeiro julgamento.
Dos 116 condenados, 97 respondem a seus processos em liberdade ou sob medidas alternativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário