segunda-feira, 17 de julho de 2017

Justiça autoriza regime semiaberto para madrasta de Isabella Nardoni



Por Redação BNews | Fotos: Reprodução
Anna Carolina Jatobá, condenada pela morte da enteada Isabella Nardoni, recebeu da Justiça, nesta segunda-feira (17), a concessão da progressão de regime. Com a decisão, a presa vai cumprir a pena no semiaberto e terá direito de deixar a penitenciária cinco vezes ao ano para as saídas temporárias, segundo informações do G1. Anna Carolina está presa em Tremembé (SP) desde 2008.
Ela poderá ainda deixar a prisão diariamente para trabalhar, desde que retorno todas as noites para dormir no local.
A progressão foi concedida pela juíza Sueli Zeraik, da 1º Vara de Execuções Criminais (VEC) de Taubaté. A decisão será encaminhada para a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) ainda nesta segunda e, após a notificação, a Anna Carolina deve ser transferida para a ala que abriga presas do semiaberto, onde está Suzane von Richtofen.
A expectativa da detenta, segundo o G1, é que ela deixe a prisão pela primeira vez em agosto, na saída temporária de Dia dos Pais.
Relembre o caso:
Em 29 de março de 2008 Isabella foi jogada da janela do apartamento do casal, no sexto andar de um prédio no bairro do Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. Os condenados negam o crime. Eles alegam que outra pessoa entrou na residência e matou a criança. A acusação se baseou em provas periciais produzidas pela Polícia Civil. Para o Ministério Público, Anna Jatobá esganou Isabella Nardoni e Alexandre jogou o corpo da filha pela janela. Antes, o casal teria cortado uma tela de proteção do apartamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário