segunda-feira, 17 de julho de 2017

Janot afirma que o MP não tem pressa em apresentar nova denúncia contra Temer



Por Redação Bnews
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou nessa segunda-feira (17), que o Ministério Público não tem pressa para apresentar uma nova denúncia contra o presidente Michel Temer.
 Janot apresentou uma denúncia contra Temer por corrupção passiva, no final de junho, com base nas delações premiadas de executivos da J&S. Existe  a expectativa de que o procurador esteja preparando novas acusações contra Temer antes de deixar o cargo, em setembro.
Questionado sobre isso, ele respondeu que não busca celeridade nas investigações. O procurador afirmou as apurações devem levar o tempo necessário para levantar provas sobre a existência ou não de crime.
"O MP não tem pressa e nem retarda denúncia. Existem investigações em curso e essas investigações, uma está mais adiantada que outra, e se até o dia 15 de setembro, último dia útil do meu mandato, eu obtiver esse quadro definido, eu não posso deixar de fazer isso [apresentar a denúncia], sob pena de prevaricar, de não praticar meu ato de ofício", afirmou o procurador-geral.
Além disso, Janot ressaltou que o Ministério Público não trabalha com a necessidade de "oferecer denúncia", e sim a de "apurar" os fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário