quarta-feira, 19 de julho de 2017

Já deveriam ter ido, diz Lídice sobre debandada de deputados do PSB



Por Guilherme Reis | Fotos: Gilberto Jr/BNews
Em entrevista ao BNews na manhã desta quarta-feira (19), a senadora Lídice da Mata (PSB) comentou a debandada de deputados do PSB para o DEM, articulada principalmente pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e pelo prefeito ACM Neto (DEM). Sem papas na língua, Lídice defendeu a saída dos parlamentares e criticou a líder da sigla na Câmara, Teresa Cristina.
“Eles já deviam ter ido para o Demcoratas se é essa a identidade ideológica que eles têm, e eles estão demonstrando isso. Então chegou a hora de eles saírem. A líder, inclusive, depois dessa movimentação que fez, discutindo claramente essa hipótese, é claro que ela, em respeito a ela própria, deveria entregar a liderança do partido. Porque o líder tem o papel de resguardar as posições. Então não tem nenhum sentido, a militância do partido exige a saída desse pessoal”, assinalou.
A senadora também argumentou que os dissidentes estão alinhados com o governo Temer e as reformas. “E mais do que isso. É inadmissível que alguém que esteja em um partido com o nome de socialista vá para o DEM. É um surrealismo total”, acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário