terça-feira, 18 de julho de 2017

Gato é salvo de envenenamento após beber vodca


Segundo a veterinária que o tratou, a bebida alcoólica era o único remédio que poderia salvar Tippsy

BAHIA.BA
O gato Tippsy tinha apenas uma hora de vida quando chegou no hospital veterinário. Foto: RSPCA Queensland/Facebook
O gato Tippsy tinha apenas uma hora de vida quando chegou no hospital veterinário. Foto: RSPCA Queensland/Facebook

Gatos pretos normalmente são associados a azar na cultura popular, mas a história do bichano Tippsy, de Queensland, na Austrália, é uma grande prova de sorte.
O animal vivia nas ruas quando ingeriu um fluido anticongelante para carros e teve que ser levado às pressas para a emergência veterinária. Ao chegar lá, recebeu a notícia de que teria apenas uma hora de vida.
Em um exame de sangue, foi detectado que o felino tinha insuficiência renal devido à ingestão do composto químico. Para a sorte do gato, uma enfermeira do hospital, coincidentemente, havia levado uma garrafa de vodca para o trabalho – e o que seria uma conduta estranha  se revelou como o único antídoto.
O fluido anticongelante tóxico é metabolizado por uma enzima dos gatos e os mata. “Então, quando você coloca álcool no sangue do gato, ele é metabolizado ao invés da toxina, fazendo com que o anticongelante saia de uma forma menos letal”, explicou Sarah Kanther, a veterinária que cuidou de Tippsy, ao ABC News.
Segundo ela, o fluido é usado como isca para os bichanos, pois possui um gosto doce, e a prática é considerada crime na Austrália, passível de até três anos de prisão. Tippsy está em recuperação e em breve será adotado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário