sábado, 8 de julho de 2017

Delação de Cunha terá acusações contra 50 deputados, diz revista



Por Redação BNews

O ex-deputado Eduardo Cunha negocia uma delação com a Lava Jato e promete contar histórias que envolvem pelo menos meia centena de parlamentares, revelou a Revista Veja neste sábado (8). Segundo a publicação, a maioria é sobre propinas de esquemas montados em estatais e fundos de pensão.
Além disso, a reportagem conta que há também casos de deputados que o procuraram às vésperas de sua cassação para oferecer o voto em troca de pagamento – um deles teria pedido R$ 1 milhão para ajudar a livrá-lo no Conselho de Ética.
Após entregar a proposta de delação premiada, o que é esperado para esta semana, o ex-deputado será cobrado a apresentar provas do que diz. A Veja conta que segundo um auxiliar do procurador, a negociação será dura: “Ele vai ter que apresentar provas. Não basta só falar”.
Cunha deve ficar mais um tempo atrás das grades, a exemplo do empreiteiro Marcelo Odebrecht. As chances de ele receber um perdão judicial, como ocorreu com os donos da JBS, são próximas de zero, segundo os investigadores ouvidos pela publicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário