domingo, 9 de julho de 2017

Após confusão e morte, MP e STJD vão pedir interdição de São Januário


Após a derrota por 1 a 0, torcedores do time cruz-maltino arremessaram rojões contra os jogadores rubro-negros e tentaram invadir o gramado

BAHIA.BA
Foto: Gilvan de Souza/ CR Flamengo/ Divulgação
Foto: Gilvan de Souza/ CR Flamengo/ Divulgação

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vão pedir nesta segunda-feira (11) a interdição do Estádio São Januário, após a confusão que deixou três pessoas feridas e um morto neste sábado (8), durante o clássico entre Vasco e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.
Após a derrota por 1 a 0, torcedores do time cruz-maltino arremessaram rojões contra os jogadores rubro-negros e tentaram invadir o gramado. Houve quebra-quebra e os policiais lançaram bombas de gás lacrimogêneo e de pimenta, além de balas de borracha, para conter o tumulto.
De acordo com o promotor Rodrigo Terra, o requerimento será baseado na recusa dos dirigentes alvinegros de um “plano de ação para os jogos” requisitado pelo MP desde o início do ano.
O procurador-geral do STJD, Felipe Bevilacqua, também vai apresentar uma denúncia formal a ser julgada pela Corte. Caso seja acatada, o clube carioca pode perder o mando de campo por até 10 jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário