domingo, 18 de junho de 2017

Vaticano avalia excomungar mafiosos e corruptos


A pena é a mais severa para a religião e trata-se de um fato histórico, uma vez que equipara as duas classes criminosas

BAHIA.BA
Foto: Evilásio Júnior/ Arquivo Pessoal
Foto: Evilásio Júnior/ Arquivo Pessoal

O Vaticano avalia estabelecer uma medida para excomungar todos os seus membros mafiosos e corruptos, de qualquer país, informou a imprensa italiana neste domingo (18), após o fim de uma reunião internacional sobre o tema na sede da Igreja Católica.
A pena é a mais severa para a religião e trata-se de um fato histórico, uma vez que equipara as duas classes criminosas.
Em julho de 2014, o papa Francisco já tinha excomungado a Ndrangheta, grupo que controla o crime organizado na região da Calábria, no sul da Bota.
A punição também foi aplicada a mafiosos da Sicília, mas a Santa Sé ainda não possui um documento jurídico de valor universal para oficializá-la.

Nenhum comentário:

Postar um comentário