quarta-feira, 21 de junho de 2017

Punições do TCE-BA a gestores geram R$ 8,9 mi aos cofres públicos


Penas são aplicadas após a constatação de irregularidades nas prestações de contas de convênios e dos órgãos da administração estadual

BAHIA.BA
Foto: Gustavo Rozário/TCE
Foto: Gustavo Rozário/TCE

As punições impostas pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) a gestores geraram, nos primeiros cinco meses deste ano, R$ 8,9 milhões para os cofres públicos, segundo informou a Corte nesta quarta-feira (21).
As penas são aplicadas após a constatação de irregularidades nas prestações de contas de convênios e dos órgãos da administração estadual.
Somente no mês de maio, segundo relatório divulgado TCE-BA, a Corte aplicou R$ 8,3 mil em multas e R$ 411,8 mil em certidões de débito encaminhadas à Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário