sábado, 10 de junho de 2017

Propina da JBS a Temer seria recorde mundial – em 20 anos, R$ 520 milhões


Resultado de imagem para propina de temer charges
Charge do Tacho (Jornal NH)
João Amaury Belem
Naquela gravação clandestina do empresário Joesley Batista, da Friboi/JBS, ele afirmou que o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seria o emissário oficial do presidente Michel Temer para apanhar semanalmente a mala contendo R$ 500 mil. E o executivo da JBS, Ricardo Saud, confirmou categoricamente na sua delação premiada que aquela mala era para o Michel Temer e que seria uma propina de R$ 500 mil, a ser paga pela JBS por causa de um acerto no CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).
As entregas seriam semanais, durante 20 anos, e que o tal do emissário oficial da figura nefasta que hoje preside este pobre país insistiu ao executivo de JBS que essa propina poderia ser paga em 30 anos.
PROPINA RECORDE – Acabei de fazer o cálculo dessa propina e estarrecido encontrei a vultosa quantia de R$ 520 milhões para garantir a suplementação das duas aposentadorias que Temer na recebe dos cofres públicos, de mais de R 70 mil mensais.
A conta é simples: um ano tem 52 semanas, sendo que a propina seria paga em 20 anos. Teríamos 52 semanas x 20 anos = 1.040 semanas. Multiplicadas por R$ 500 mil, encontra-se então essa vultosa quantia de R$ 520 milhões de propinas a Temer, um verdadeiro recorde mundial.
O executivo ainda brincou que essa propina é uma aposentadoria maravilhosa para o ainda presidente Michel Temer, que insiste em reduzir a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros.
Posted in

Nenhum comentário:

Postar um comentário