sábado, 10 de junho de 2017

Pressão por impeachment de Temer continua no Congresso, diz Molon

Oposição aguarda por denúncia de Janot no Supremo contra presidente

Um dos líderes da oposição ao presidente Michel Temer no Congresso Nacional, o deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) comentou, na noite desta sexta-feira (9), o resultado do julgamento da ação que pedia a cassação da chapa Dilma-Temer, por abuso de poder político e econômico na campanha eleitoral de 2014.
"É um resultado trágico para a Justiça Eleitoral e para a democracia brasileira, que se envergonha de ter no mais alto posto da República alguém que usa o cargo para permanecer impune por seus atos", afirmou o líder da Rede.
Oposição aguarda denúncia que PGR poderá apresentar ao STF, afirmou Alessandro Molon
Oposição aguarda denúncia que PGR poderá apresentar ao STF, afirmou Alessandro Molon
Autor de um dos mais de 10 pedidos de impeachment de Temer, Molon disse que a oposição parlamentar continuará pressionando para que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abra um processo de impedimento. O parlamentar da Rede também afirmou que a oposição aguarda, com expectativa, uma denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode apresentar ao Supremo Tribunal Federal nos próximos dias.
"As provas dos crimes de Temer não se calarão. Aguardamos a denúncia que o Procurador-Geral da República deve enviar ao Supremo, e continuaremos a pressionar na Câmara pelo andamento dos processos de  impeachment", disse Molon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário