terça-feira, 13 de junho de 2017

PF encaminha à Procuradoria inquérito sobre palestras de Lula



Por Redação BNews | Fotos: Nacho Doce/Reuters
A Polícia Federal encaminhou para a força-tarefa do Ministério Público Federal no inquérito que apura os crimes de corrupção passaiva e de lavagem de dinheiro supostamente praticadas pelo ex-presidente Lula em sua empresa de palestras, a LISLS Palestras, Eventos e Publicações, aberta em 2011 após deixar o governo.
 
De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a investigação da Operação Lava Jato, em Curitiba, é uma das que ainda vão virar denúncia criminal a ser apresentada a Sérgio Moro. A suspeita é que empresas envolvidas em corrupção na Petrobras tenham pago por palestras com o intuito de camuflar propinas.
 
A LILS movimentou entre 2011 e 2015 um total de R$ 52,3 milhões. Foram R$ 27 milhões recebidos, a maior parte de empreiteiras e grandes empresas, e R$ 25,2 milhões em débitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário