terça-feira, 20 de junho de 2017

PF chega a Edgar, apontado como elo para receber propina a grupo de Temer



Por Redação BNews
A Polícia Federal afirmou em seu relatório da investigação do caso Michel Temer (PMDB) que Edgar, citado como intermediário para receber propina para o grupo do peemedebista, é um empresário dos setores imobiliário e financeiro: Edgar Rafael Safdie. Os investigadores chegaram a essa informação por meio dos registros de ligações telefônicas do celular do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil de propina da JBS.
Ouvido pela PF, Edgar Safdie “reconheceu a relação de longa data que mantém com Rodrigo [Rocha Loures], rechaçando, no entanto, qualquer participação ou conhecimento dos fatos que estão sendo apurados”, aponta o relatório. Segundo a PF, não houve “tempo hábil” para aprofundar esse ponto da investigação. A defesa de Edgar será procurada para, se desejar, prestar eventuais esclarecimentos que complementem as declarações já manifestadas à Polícia Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário