sábado, 17 de junho de 2017

Ministro Marco Aurélio rejeita pedido de Aécio sobre julgamento de prisão


Senador afastado queria transferir decisão ao plenário do STF, mas análise permanece sob a responsabilidade da Primeira Turma

BAHIA.BA
Foto: Lula Marques/ Agência PT
Foto: Lula Marques/ Agência PT

Relator do inquérito que investiga o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) no Supremo Tribunal Federal, o ministro Marco Aurélio Mello negou pedido para que a solicitação de prisão preventiva do tucano fosse julgada pelo plenário da Corte. Com isso, a decisão permanece a cargo da Primeira Turma.
Segundo informações do jornal O Globo, a tendência da Primeira Turma é de rejeitar o pedido de prisão, mas manter o afastamento de Aécio do Congresso. Requerimento do advogado Alberto Toron, defensor do tucano, pede o retorno do tucano ao exercício do mandato –o afastamento foi determinado, em maio, pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato.
O julgamento no STF está previsto para a próxima terça-feira (20

Nenhum comentário:

Postar um comentário