sexta-feira, 16 de junho de 2017

Janot adia entrega de denúncia contra Temer ao STF


Apresentação da acusação formal contra o presidente e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, antes prevista para a próxima segunda-feira (19), será feita por volta do dia 26

BAHIA.BA
Foto: José Cruz/ Agência Brasil
Foto: José Cruz/ Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, adiou a entrega da denúncia contra o presidente Michel Temer e o seu ex-assessor e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) ao Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o site do jornal O Globo, a apresentação, antes prevista para a próxima segunda-feira (19), será feita por volta do dia 26.
A mudança se deveu à decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, que concedeu mais cinco dias à Polícia Federal para concluir o inquérito sobre as delações dos executivos do grupo JBS. A PGR aguarda a documentação para finalizar a acusação formal contra os peemedebistas.
Conforme a Constituição, a Corte só poderá julgar o mandatário nacional após receber autorização de dois terços da Câmara dos Deputados. Com viagem oficial marcada para a Rússia e a Noruega, Temer e seus auxiliares de governo já se articulam para arquivar a denúncia no Congresso.
Loures está preso desde o último dia 3. A dupla é acusada de corrupção, por receber propina da companhia dona da Friboi, organização criminosa e obstrução de Justiça, por interferir nas investigações da PF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário