sábado, 10 de junho de 2017

Governo Temer tem receio de pressão sobre Geddel, diz jornal


Em maio, ao ser questionado se faria um acordo de delação premiada, o ex-ministro respondeu: "Isso é uma canalhice”

BAHIA.BA
Foto: Arquivo/ Agência Brasil
Foto: Arquivo/ Agência Brasil

O jornal Estado de São Paulo informa, neste sábado (10), que o governo do presidente Michel Temer (PMDB) tem receio do ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) ser o próximo alvo da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República (PGR) em investigações.
De acordo com a publicação, interlocutores do Palácio do Planalto avaliam que o peemedebista baiano tem sido “atacado” com o objetivo de desestabilizar o governo. Nesta semana, o ex-ministro foi intimado a depor como testemunha no inquérito ligado a Temer.
Geddel é investigado pelo suposto recebimento de “vantagens não contabilizadas” da construtora Odebrecht em campanhas eleitorais em 2006 e 2014. Questionado no fim de maio sobre a hipótese de fazer delação, respondeu: “Isso é uma canalhice, um desrespeito, uma indignidade”. Agora, ele afirmou que não comentaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário