quarta-feira, 7 de junho de 2017

Fachin marca para julho depoimentos de Lula e Dilma em ação em que Gleisi é ré



Por Redação BNews | Fotos: Adriano Machado/Reuters
O ministro Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava Jato no STF, marcou para 7 e 28 de julho, respectivamente, os depoimentos dos ex-presidentes Lula e Dilma na ação penal em que são réus a senadora Gleisi Hoffmann e o ministro Paulo Bernardo. Eles foram arrolados como testemunhas de defesa.
 
Lula vai depor na Justiça Federal de São Paulo e Dilma na Justiça Federal do Rio Grande do Sul. Ambos serão ouvidos por meio de videoconferência. Também foram marcados depoimentos do ex-ministro Gilberto Carvalho, e dos ex-presidentes da Petrobras Graça Foster e José Sérgio Gabrielli. 
 
Em setembro do ano passado, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) abriu ação penal para investigar a suposta participação de Paulo Bernardo, Gleisi Hoffmann e o empresário Ernesto Kugler no esquema de desvios de dinheiro da Petrobras. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário