domingo, 11 de junho de 2017

Empresa francesa vai assumir gestão do aeroporto em outubro


Contrato entre a Vinci Airports e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) será assinado no próximo dia 28

BAHIA.BA
(Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação/ Infraero

A empresa francesa Vinci Airports, que venceu o leilão para administrar o Aeroporto Internacional de Salvador, vai assinar o contrato de concessão com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) no próximo dia 28.
A companhia irá assumir a gestão do terminal, hoje feita pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero),  por 30 anos, a partir de outubro. Ela venceu o pregão em março, após oferecer R$ 660,9 milhões de entrada. O valor total a ser pago pela compra é de R$ 1,59 bilhão.
De acordo com o jornal A Tarde, a partir da efetivação, o grupo estrangeiro terá 30 dias para apresentar um plano de transferência operacional. O procedimento será seguido pelas operações assistida – com duração prevista para 70 dias – e de transição, o que deve levar, ao todo, sete meses, com a finalização estimada para abril de 2018.
Entre as obrigações estão a capacitação do quadro de pessoal, cooperação com representantes locais e regionais do governo.
A Vinci Airports administra atualmente aeroporto como os de Santiago (Chile), Lyon (França) e Santo Domingo (República Dominicana).

Nenhum comentário:

Postar um comentário