segunda-feira, 5 de junho de 2017

Citado pela JBS, ministro é aposta do Planalto para salvar Temer no TSE


Magistrado estaria disposto tanto para pedir vista, o que daria mais tempo ao peemedebista, quanto votar contra a cassação chapa Dilma-Temer

BAHIA,BA
Ministro Napoleão Nunes Maia Filho durante sessão plenária do TSE. Foto: Roberto Jayme/ Ascom/TSE
Ministro Napoleão Nunes Maia Filho durante sessão plenária do TSE.
Foto: Roberto Jayme/ Ascom/TSE

O ministro Napoleão Nunes Maia Filho é a aposta do governo federal para abrir caminho à absolvição do presidente Michel Temer (PMDB) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou adiar o julgamento, que será retomado nesta terça-feira (6).
Conforme reportagem da Folha de S. Paulo desta segunda-feira (5), nos bastidores, o magistrado se colocou disposto tanto para pedir vista, o que daria mais tempo ao peemedebista, quanto para votar contra a cassação chapa Dilma-Temer. Publicamente, porém, ele não se manifesta sobre o julgamento.
Maia Filho participará do julgamento em meio à citação de seu nome na delação premiada da JBS – a mesma que colocou Temer no centro do maior escândalo político do seu governo e um dos maiores da democracia brasileira. O magistrado, de 71 anos, nega as acusações do delator Francisco Silva, de que iria interferir em uma ação na operação Patmos.
Caso não haja outro pedido de vista, a expectativa é de que o julgamento no TSE termine ainda este mês. Se a chapa Dilma-Temer for condenada, a Corte definirá se Temer terá que ser afastado ou se poderá recorrer no cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário