domingo, 11 de junho de 2017

Ato contra Temer reúne artistas e shows atraem público interessado em diversão



Por Chayenne Guerreiro | Fotos: Vagner Souza/BNews
O objetivo era um grito pedindo as Diretas Já e a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB), mas o ato político e cultural promovido por frentes políticas e sociais ganhou mais cunho de entretenimento que político. Apesar do grande número de pessoas - a CUT esperava receber 30 mil pessoas, enquanto a Polícia Militar fala em 2 mil - , o clima é de festa.
Quem participa do ato, não deixa a cerveja de lado e veste em sua maioria, roupas de banho. Os gritos de ordem perdem a força quando comparados aos grandes sucessos baianos que são entoados pelos artistas da terra.
A dona de casa Lúcia Oliveira não sabe bem o que está acontecendo, mas resolveu ficar porque ouviu falar que a cantora Daniela Mercury vai participar. "Vim curtir o domingo de sol no Porto com meu esposo, ouvi o show começar e fiquei. Me falaram que Daniela vai cantar. Adoro ela. Se Caetano vier também, vou pedir uma foto", disse, em tom animado.
O estudante Felipe Gomes também não veio pedir eleições diretas, mas diz que grita o "Fora Temer" por diversão. " É engraçado quando eles falam "Fora Temer", mas para ser sincero, gritaria qualquer coisa. É legal o evento, mas preferia que não tivesse tanto político falando", criticou. Quando questionado em quem votaria se a proposta de emenda à Constuição que pede as eleições diretas for aprovada, o jovem foi enfático. "Nulo, todos roubam", disparou.
A exceção, no evento, se veste de vermelho e carrega bandeiras com o nome de Lula. É o caso do fonoaudiólogo Manoel Santana. "Voto no PT. Meus pais eram sindicalistas e eu trago no peito esse amor. Mas além disso, acredito que precisamos mudar o país que está aí hoje. É um absurdo a perda de direitos que o governo Temer propõe. Voto em Lula porque foi no governo dele que vi pobre ter direito a algo nesse país", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário