sábado, 17 de junho de 2017

Apesar da crise política, Michel Temer decide manter viagem à Europa


O presidente cogitou suspender o compromisso oficial devido ao clima de instabilidade e à perspectiva de ser denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF)

BAHIA.BA
Foto: Beto Barata/PR
Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer (PMDB) decidiu manter a viagem à Rússia e à Noruega, após cogitar suspender o compromisso oficial devido à crise política e a perspectiva de ser denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) enquanto estivesse fora do país.
A expectativa é de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente nos próximos dias uma denúncia contra o peemedebista, suspeito de estar envolvido em crimes como corrupção passiva e obstrução à Justiça.
Temer embarca na próxima segunda-feira (19), e deve voltar ao Brasil somente no sábado (24).

Nenhum comentário:

Postar um comentário