terça-feira, 13 de junho de 2017

Aleluia anuncia obstrução para impedir votação da PEC das Diretas


Deputado federal afirma que há um trabalho das minorias para criar uma “instabilidade” no país com pedido de eleição popular

BAHIA.BA
Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados
Foto: Cleia Viana / Câmara dos Deputados

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) disse, nesta terça-feira (13), que a base do governo vai se valer do chamado “kit obstrução” para impedir a votação da PEC das Diretas, que prevê eleições para presidente e vice-presidente da República em caso de vacância a qualquer tempo, exceto nos seis últimos meses do mandato.
A admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição é analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). O primeiro item do chamado “kit obstrução” pretende a votação nominal do requerimento de inversão de pauta. Na prática, como a PEC é o único item da pauta, a medida pretende apenas prolongar o início dos debates.
Para Aleluia, a Assembleia Constituinte foi “sábia” ao decidir por eleições indiretas nos dois últimos anos do mandato e não há motivo para alterar as regras. “Não se pode fazer uma eleição em 30 dias, caso as vacâncias ocorressem no último mês do mandato, por exemplo”, disse, ao pontuar que há um trabalho das minorias para criar uma “instabilidade” no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário