domingo, 14 de maio de 2017

Transformado em ator, Temer se complica e acaba fazendo um papel ridículo


Resultado de imagem para temer na agencia da caixa
Temer quer se popularizar, mas é missão impossível
Jorge Béja
Em busca de um apoio popular que jamais terá, o presidente temer tornou-se um ator de roteiro de péssimo gosto, como na ida a uma agência da Caixa Econômica Federal, na sexta-feira. A encenação foi acompanhada de cobertura jornalística, e esta foto foi estampada neste sábado (dia 13) pelo jornal O Globo, que a publicou, em tamanho grande, ocupando mais da metade da parte inferior da capa de frente do jornal. Em baixo da foto, a legenda: “OLHA A SENHA!. O presidente Temer, que completou um ano de governo ontem, observa cliente da Caixa Econômica fazer saque de FGTS durante visita de surpresa a uma agência de Brasília”.
Foto e legenda dizem tudo. Por ter sido de “surpresa” a visita de Temer à agência da Caixa, tudo o que aconteceu dentro da agência não era esperado, nem foi combinado antes. Não foi visita de surpresa? Na legenda da foto que O Globo publicou na primeira página há indicação para o leitor saiba mais a respeito da liberação do FGTS na página 21.
DIZ A NOTÍCIA – Sobre a foto e a mulher, que nela aparece diante do caixa eletrônico, com Temer atrás dela bisbilhotando o que ela faz, não existe nenhuma alusão na página 21. Consta apenas que “em Brasília, o presidente Michel Temer foi a uma agência da Caixa, numa visita que não constava na agenda oficial. O peemedebista ficou pouco mais de dez minutos na agência, e conversou com três pessoas que sacavam o dinheiro”.
Ora, se Temer conversou com clientes, isso aconteceu antes ou depois do saque. E a foto não mostra o presidente conversando com a mulher que está no caixa eletrônico fazendo o saque. Nem seria plausível e ético um presidente da República combinar com uma pessoa estranha ou mesmo de sua intimidade, para que os dois, só os dois, simulassem uma encenação só para ele ser fotografado. Isso seria uma enganação para o leitor e para todo o povo brasileiro.
PÉSSIMO GOSTO – Temer foi ator de uma cena de péssimo gosto. O que os bancos, as polícias e as cartilhas de segurança bancária ensinam e se preocupam para aqueles que vão às agências e aos caixas eletrônicos, Temer protagonizou exemplo em sentido contrário. E aquele alerta que O Globo colocou abaixo da foto, em letras maiúsculas, seguida de um ponto de exclamação, mostra e indica o quanto de errado o presidente se prestou a fazer: “OLHA A SENHA!”.
Parece bobagem, mas não é. Um presidente da República tem a obrigação de zelar por sua imagem, por seus gestos, pelo que diz e pelo que faz. Se a foto foi combinada com a mulher, Temer foi palhaço. Se não foi combinação, Temer se esqueceu de que é um presidente da República, ou ainda não sabe que é, e foi duas vezes palhaço. Palhaço que não faz o povo rir, mas chorar de tanta empulhação. A da foto foi apenas mais uma.
Posted in

Nenhum comentário:

Postar um comentário