segunda-feira, 15 de maio de 2017

'Minha bandeira não é vermelha. É verde e amarela', diz Doria em Nova York

Prefeito diz que nem flores nem a esquerda o intimidam e promete privatizações


O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta segunda-feira (15) em café da manhã com empresários em Nova York que nem a esquerda radical nem flores o intimidam. "Minha bandeira não é vermelha. É verde e amarela", disse o tucano, que também falou em privatizar de mercados municipais a cemitérios.
"Vamos colocar no setor privado até cemitérios, crematórios." Para ele, a administração de cemitérios é um foco de corrupção. Para o semestre que vem, ele garantiu a concretização da PPP da Iluminação.As informações são da reportagem da Folha de S. Paulo.
No final de abril, Doria foi 'presenteado' com flores por uma ciclista, mas jogou as flores no chão. A ação era parte de um protesto contra o aumento dos limites de velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros e as mortes em acidentes.
Doria está em Nova York para uma série de encontros de promoção de São Paulo
Doria está em Nova York para uma série de encontros de promoção de São Paulo
"Nem sob ameaças, que tenho recebido constantemente, sobretudo dos esquemas mais radicais [esquerda], que pensam que com telefonemas, cartas e e-mails, não vão me intimidar. Nem com flores. Não vão me intimidar", disse Doria nesta segunda-feira.
Doria destacou ainda que não é candidato à Presidência nem ao governo de São Paulo nas próximas eleições, mas "quem determina a eleição é o povo, não os caciques".

Nenhum comentário:

Postar um comentário